Ousado, “FIFA 14” muda radicalmente a mecânica no PS3 e X360

EVENTO2013610173255356

Após o anúncio do novo motor gráfico Ignite para o Xbox One e PS4, muitos jogadores do PS3, PC e Xbox 360 ficaram apreensivos sobre o possível desinteresse da produtora em arriscar grandes inovações para “FIFA 14” nessas plataformas.

Felizmente, esse não parece o caso. Em um teste realizad em maio, tivemos uma grata surpresa ao saber que além de oferecer novidades em sua versão para PS3 e Xbox 360, o jogo dá um salto considerável de inovações em relação ao ótimo mas conservador game de 2012.

Movimentos precisos

Logo de cara, a nova mecânica e a nova física de corrida e drible chamada ‘Precision Movement’ nos pregou uma peça: “FIFA 14” praticamente ‘esquece’ o modo de driblar dos anos anteriores e nos obriga a reaprender a conduzir a bola.

Como exemplo, o produtor do jogo e ex-atacante da seleção jamaicana Aaron McHardy mostrou como os jogadores paravam ao ‘largarmos’ o analógico.

“Antes, o jogador parecia uma estátua, agora, ele passa por um processo muito mais natural e realista de desaceleração, diminuindo a passada gradativamente, até para evitar uma contusão”, explicou o produtor.

“FIFA 14” apresenta um bate-bola mais bonito de se ver, mais dinâmico, mais ágil. Some a isso uma infinidade de possibilidades com dribles automáticos que deixam a partida com mais cara de futebol real e exige menos contorcionismos de dedos para fazer jogadas bonitas – por mais que comandos avançados ainda estejam lá para satisfazer os mais ‘hardcore’.

Jogadores muito habilidosos, como Messi e Cristiano Ronaldo, conseguem cortar e correr para o lado oposto com muito mais explosão e animações realistas, tudo com comandos simples na alavanca de movimentação e no botão de corrida.

A movimentação em 360º faz com que os jogadores tenham um controle ainda mais eficiente do que o de anos anteriores.

EVENTO201361017353030803

“Você vê claramente o jogador mudar a direção do drible. Isso acaba com aquela má impressão robótica ao tentar, por exemplo, fazer uma trajetória circular com a bola. Você nota cada passo”, explicou McHardy. “Da mesma forma que esses movimentos são realistas visualmente, essa inversão constante de giros, cortes, explosões e inversões de ângulos de dribles fazem com que os jogadores se cansem mais do que antes”, alertou.

A nova animação para as passadas e corridas fazem que tudo em campo fique mais verossímil: os goleiros dão passinhos para trás ou para frente para fechar o ângulo ou encontrar a distância certa para pular na bola, e até o modo de correr e mostrar cartão dos árbitros ficou mais real.

A inteligência mais refinada dos jogadores faz com que ações inusitadas como deixar a bola passar para um colega em uma cobrança de lateral ou desviar de um lançamento para tentar surpreender o goleiro façam parte do jogo de forma mais ativa.

Por fim, mas não menos importante, notamos o quão implacável é o novo sistema de proteção da bola: Agora, o jogador protege a ‘gorduchinha’ de forma mais bruta para manter o domínio.

Por outro lado, quando estão com a bola nos pés, os atacantes também conseguem se livrar de investidas violentas como carrinhos por trás. “Fizemos animações específicas para o movimento de proteção. Você realmente ficará frustrado quando ver que o atacante escapou de sua investida”, prometeu o produtor.

EVENTO201361017361111971

Fonte: Jogos/Uol

Publicado em junho 10, 2013, em E3 2013, Fifa 14 e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: