Resumão de GTA V e novas notícias

Todos nós temos até 17 de setembro deste ano para enxugar a lista de games a serem terminados. Em palavras resumidas, um porquê: o próximo épico da Rockstar, Grand Theft Auto V, estará entre nós. E isso significa que devemos repensar em como utilizar as 24 horas do dia para dedicar algumas delas ao próximo game da franquia de ouro dos irmãos Houser, donos da desenvolvedora. Acredite: você vai precisar otimizar seu tempo livre.

O hype que gira em torno de GTA 5 faz jus ao legado da franquia. Não estaremos diante de um mero sucessor espiritual dos antecessores: o game trará uma soma de narrativa, jogabilidade e amplitude geográfica distribuídas de maneira uniforme em três diferentes protagonistas – tudo com a boa e velha dose de violência que a Rockstar adora usar para temperar seus jogos.

Esbanjando carisma

A não linearidade é uma marca registrada da franquia. Enquanto os GTA’s anteriores apresentaram um enredo centrado num único personagem, aqui a Rockstar alcançou o próximo degrau da ambição e colocará o jogador na pele de três protagonistas diferentes, cada qual com suas características e habilidades próprias.

Michael é um ex-ladrão de bancos profissional que tem um esquema, digamos, “providencial” com o FBI. Como um homem de família, o aposentado criminoso, agora entediado, vê o passado “glorioso” bater à porta, no melhor estilo Família Soprano. Sua expertise é o manuseio com armas de fogo.

img_normal
Franklin é a derivação mais próxima de CJ, protagonista de GTA: San Andreas. Oriundo do subúrbio de Los Santos, o afro-americano largou a vida de gângster das ruas para buscar outros objetivos. Mas parece que o gene criminoso colocará o expert em carros de volta à vida pecaminosa.

Trevor talvez seja o protagonista mais inusitado. É aquele típico canastrão que conquista pontos de carisma justamente por ser “bad boy”. Um ex-militar que agora se esgueira com motoqueiros em apostas, o velhote mal-encarado e careca pode ser rotulado como um clássico psicopata – daqueles que “não têm nada a perder”.  Sua habilidade principal, pasmem, é o domínio na pilotagem de aviões e helicópteros. Seu treinamento militar ao menos lhe rendeu alguma coisa.

Um dos últimos vídeos divulgados pela Rockstar, resume um pouco da maestria apresentada pelos três personagens:

Um novo patamar de jogabilidade

O grau de interação entre os protagonistas permanece uma incógnita, mas sabe-se que será possível alternar entre cada um com o D-pad, principalmente no mundo aberto fora das missões principais. Contudo, vale ressaltar: algumas delas farão uso dessa variação a favor do jogador.

Numa fuga espetacular em uma das missões, por exemplo, você pode escolher Franklin e assumir a direção; alternar para Michael e ficar a cargo dos tiroteios ou optar por Trevor, que estará pilotando um helicóptero e escoltando os dois comparsas. Se você estiver a fim de pilotar o helicóptero em vez de observá-lo passivamente, é só escolher o ex-militar psicopata. Uma ação não prejudicará a outra.

img_normal (1)

Três personagens e três habilidades especiais: ação aprimorada

Conforme mencionado, cada protagonista apresenta habilidades especiais. Michael é o cara das armas de fogo, Franklin é perito em alta velocidade sobre quatro rodas e Trevor possui “licença” para pilotar.

Nada mais justo do que apimentar a jogabilidade com um recurso exclusivo para cada um deles. É nesse ponto que a Rockstar mostra sua aptidão em melhorar aquilo que já era meticulosamente produzido nos games anteriores.

Michael poderá utilizar um bullet-time para desacelerar a ação, num esquema diretamente importado de Max Payne 3. O sistema de cobertura será muito mais eficiente e fluido. Franklin poderá usar sua habilidade única para retardar o tempo e assegurar-se de que uma curva ousada não comprometa o trajeto numa perseguição. Trevor terá uma espécie de “rage mode” que pode ser ativado quando o psicopata quiser mexer com grandalhões à curta distância. Aliás, o taco de beisebol é o brinquedinho favorito do psicopata

img_normal (2)

De volta a Los Santos

A principal ambientação de GTA 5, como já sabemos, será Los Santos, um dos palcos de GTA: San Andreas. Mas isso representa uma limitação na área geográfica? Pelo contrário.

As cidadezinhas ao redor, constituídas de montanhas, florestas, rios e becos, entregarão um mundo aberto a ser explorado que tem três vezes a extensão geográfica do mapa de Red Dead Redemption.

Se der para impressionar ainda mais em termos de escala, pegue os mapas de GTA IV, San Andreas e Red Dead Redemption e some-os. Ainda não dá para equiparar: GTA 5 será maior que tudo isso junto.

Los Santos trará uma vívida ambientação. Ao cair de paraquedas ao lado de um grupo de pescadores, por exemplo, eles vão reagir de maneira espontânea. Os civis se aproximarão de você esboçando alguma reação. Não pense que suas ações criminais passarão batidas quando a polícia não estiver por perto.  Quando você se “divertir” pelas ruas, os cidadãos podem ligar para as autoridades do celular e até tirar fotos de suas ações. Inteligência artificial aprimorada? Parece ter sido prioridade no cronograma da Rockstar.

Multiplayer

Pouco foi dito sobre o modo multiplayer, mas GTA 5 usufruirá do Social Club, funcionalidade da Rockstar que oferece desafios e faz o tracking do desempenho numa rede online própria que se integra aos outros games da desenvolvedora.

Haverá uma espécie de modo “Crews” similar ao do Max Payne 3, em que o jogador pode formar bandos com amigos em salas particulares ou juntar-se a partidas públicas.

img_normal (3)

Um modo co-op para até cinco jogadores já foi confirmado. Como membro do bando, você deve cumprir tarefas específicas e acumular pontos. A Rockstar pretende refinar essa mecânica e entregar um apanhado completo.

Vida social? Para quê?

Além das missões principais “em conjunto” e das zilhões de sidequests que cada protagonista terá, muitas atividades paralelas estarão à disposição para você poder dedicar seu delicado tempo livre.

O sistema de customização dos personagens, que foi um dos carimbos de San Andreas, regressará. Novamente poderemos nos entreter colocando tatuagens e alterando o corte de cabelo dos protagonistas. Também será possível acoplar diferentes acessórios às armas e turbinar os veículos.

Os passatempos incluirão ainda partidas de golfe, sessões de ioga, skydiving, cooper, corridas de bicicleta (sim, o ciclismo de San Andreas também está de volta) e… Mergulhos. Para quem ainda tira sarro dos criminosos que não sabiam nadar nos GTAs anteriores a San Andreas, a Rockstar resolveu apelar e vai permitir que não só seja possível nadar como também adquirir equipamentos de mergulho para explorar as profundezas do abismo marítimo.

Ta ai um resumão do GTA V, esse post é um pouco cópia de outros sites, não tive muito tempo de fazer um post, mas está aí para todos verem

Publicado em maio 2, 2013, em GTA V. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: