Especial: Internet completa 30 anos

O mês de janeiro de 1983 marcou o início de algo que, apesar do pouco alarde na apresentação, iria transformar a nossa realidade nos 30 anos seguintes, muito mais do que qualquer previsão. Estamos comemorando neste início de 2013 o 30º aniversário da Internet. Ou, dito de outra forma, a migração dos protocolos utilizados na Arpanet para os protocolos de Internet, agora conhecidos universalmente como TCP/IP.

Internet-anos-600x382

A Arpanet, que foi lançada no dia 29 de outubro de 1969, e que é considerada a precursora da internet, começou a mostrar suas limitações nos primeiros anos da década de 70. Em 1973 surgiu a ideia de que se necessitava renovar a tecnologia para que a transmissão de pacotes de dados pudesse ser realizada não entre hosts, mas entre redes de computadores. Na verdade, a palavra Internet vem desse conceito, o de internetting, conectar redes, ou o mesmo que a expressão “a grande rede” para se referir a Internet.

Vinton Cerf e Bob Kahn foram os responsáveis ​​pela criação do novo conjunto de protocolos, ou seja, a nova tecnologia de conexão que agora chamamos simplesmente de Internet. Eles começaram a trabalhar no projeto no verão de 1973, delineando as ideias básicas, que ao longo dos quatro anos seguintes seriam desenvolvidas, codificadas e consolidadas. Em novembro de 1977 foi realizada a primeira experiência conectando três redes usando o TCP/IP, uma na Noruega, uma na Inglaterra e a terceira nos Estados Unidos.

No total, foram necessários 10 anos e um exército de programadores para criar, implantar e migrar para o TCP/IP, ou seja, lançar a Internet. Mas cumpriram rigorosamente o plano que havia sido proposto e, no dia primeiro de janeiro de 1983, embora não tenha sido matéria nos jornais e nem na TV, esta dedicada equipe de homens e mulheres plantou a base de uma tecnologia que mudaria o mundo para sempre.

A falta de cobertura não foi, no entanto, uma falha dos jornalistas. Até então, a recém lançada Internet se tratava de uma experiência acadêmica, distante dos demais seres humanos e certamente muito menos atraente. Algo para cientistas. Seriam necessário mais sete anos antes que o público pudesse se conectar à grande rede nos Estados Unidos. No Brasil, a primeira conexão com a Internet se deu em 1991, pela FAPESP. Isto é, oito anos após o nascimento da grande rede mundial de computadores. Você pode ler (em Inglês) o plano de migração do NCP para o TCP/IP neste documento histórico.

Publicado em janeiro 3, 2013, em Outros, Outros Assuntos. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: